O recolhimento do lixo em Boqueirão do Leão era feito até o final do ano passado por pessoas do próprio município, contratadas pela empresa vencedora da licitação, mas por decisão da empresa não foi renovado o contrato e a mesma faz o recolhimento e o devido destino final.

Com essa decisão as reclamações são constantes de que a empresa seleciona o lixo que recolhe, deixando muitos sacos pra trás e até mesmo esquecendo de passar em alguns pontos da cidade.

Nesta semana recebo a ligação do morador de Quatro Léguas, Milton Zagna, que reclama que seu lixo ainda não foi recolhido este ano.

O cronograma, segundo Zagna, era que o recolhimento do lixo sempre acontecia na última terça-feira do mês, ou seja, teria que ter sido no dia 28 de janeiro, mas até hoje os entulhos continuam no mesmo lugar.

O morador até fez uma casinha suspensa do chão para que os cachorros não rasgassem as sacolas e assim facilitaria o recolhimento, onde o local já está lotado, com mau cheiro e moscas em volta.

E verificando essa denúncia, no caminho à Quatro Léguas foi observado vários montes de lixo na beira da estrada também.

A Administração Municipal deverá tomar alguma providência junto à empresa, pois o valor gasto mensal no recolhimento do lixo ultrapassa os 14 mil reais, um valor considerável, onde o trabalho deverá ser bem feito.

Mais uma vez ressalto que não estamos aqui para criticar A ou B, mas sim para ajudar a solucionar os problemas que os munícipes estão enfrentando e que a Administração não está dando a devida atenção.

Só vou dar um toque, mas essa fica pra semana que vem. Atenção para os buracos no asfalto em frente ao Posto Tozzetto, já teve gente que andou perdendo a calota de seu veículo num buraco.

 

 

Edição Impressa

Edições Anteriores

Mais Notícias

Conectado

COLUNISTAS

|  Todos os direitos reservados Desenvolvido por OdNet Marketing & Web