CONCURSO E AFINS

O Partido Democrático Brasileiro - PDT, não está bem na fita no município de Boqueirão do Leão, muito menos no Estado. Na cidade, o Promotor de Justiça, foi a fundo e descobriu diversas irregularidades no Concurso Público realizado em fevereiro do ano passado. Na semana passada o Ministério Público ajuizou uma ação civil por atos de improbidade ao prefeito Luiz Augusto Schmidt e ao vice-prefeito Ademir Dalbosco - PSB, assim como a empresa que prestou as provas do concurso. A ação pede liminarmente a anulação do mesmo. Bom, se já estava complicada a situação da atual Administração na questão de ainda não ter nem se quer conseguido arrumar seu secretariado, imagina agora com essa repercussão negativa na mídia quanto fraude no Concurso Público, um caso muito grave para se safar... É prefeito, administrar um município, não é a mesma coisa que ser diretor de uma pequena escola do interior, né? Onde o senhor foi se meter...será que irá ser o protagonista de ser o primeiro prefeito do município ser condenado por improbidade administrativa???? Enquanto no Estado, o deputado Gilmar Sossella do PDT, ex-presidente da Assembleia Legislativa, foi cassado pelo TRE por 5 votos contra 1. Acusado de coagir servidores da Casa para a compra de ingressos no valor de R$ 2,5 mil de um jantar de campanha. Hummm, que feio deputado, mais um para a lista negra na história dos grandes políticos. Por outro lado, o candidato do PMDB à prefeito, foi injustiçado na noite que antecedia as eleições passadas, prova maior, foi sua absolvição de qualquer tipo de condenação, pois quem não deve não teme e prova sua inocência...né meu amigo! Aguardamos sua manifestação em público sobre esta questão...

Edição Impressa

Edições Anteriores

Mais Notícias

Conectado

COLUNISTAS

|  Todos os direitos reservados Desenvolvido por OdNet Marketing & Web