Rins

Os rins são estruturas  responsáveis por funções vitais do organismo. Por isso devemos cuidar bem deles, já que muitas vezes estão sob riscos  importantíssimos e nem dão sinal de problemas.
A DRC (doença renal crônica) é o termo utilizado para doenças que afetam os rins por três meses ou mais, o que diminui a filtração e afeta suas funções. Apesar de ser caracterizada como uma doença silenciosa a DRC pode dar alguns sinais entre eles cansaço, insônia, inchaço nos pés e tornozelos, nicturia (vontade de ir ao banheiro durante a noite), mau hálito, mal-estar e urina espumosa ou com sangue.
Porém estes sintomas costumam aparecer apenas quando a doença já está em estado avançado. Daí a importância de fazer visitas preventivas ao médico.
E depois da doença instalada o que fazer? Consultas periódicas com nefrologista, exames regulares, cuidar da pressão arterial e glicemia, além de outras modificações que ocorrem na doença renal. Em casos onde a função renal foi muito comprometida, o indivíduo pode optar por dois caminhos: receber o rim de algum doador compatível ou seguir para a diálise.
Muitas vezes o transplante é deixado de lado quando há ausência de alguém que esteja apto a doar um de seus rins e a hemodiálise acaba sendo a opção.
Algumas doenças podem levar ao desenvolvimento de DRC: Diabetes, Hipertensão, Glomerulonefrite, má-formação nos rins,lúpus, cálculo renal,tumores, infecções urinárias recorrentes.
Dois exames muito comuns checam o funcionamento renal. Exame de sangue e de urina.  No de sangue, podemos medir a creatinina, e saber como anda o trabalho de filtração de rins. Se ela estiver elevada, alguma coisa não está bem. No de urina deveremos nos preocupar com a presença de albumina, uma proteína que deveria ser retida no rim, se  ele estivesse funcionando bem.
A seguir algumas dicas para manter os rins saudáveis:
- Mantenha-se no peso ideal.  O excesso de peso leva  à hipertensão e diabete;
- Controle sua pressão e os níveis de glicemia. Quando estes níveis estão elevados, mais altas são as chances de desenvolver DRC;
- Evite excesso de gordura, e ingira alimentos ricos em vitaminas e fibras;
- Fuja de auto-medicação. Analgésicos e anti-inflamatórios em excesso podem afetar a função renal;
- Não exagere com a bebida  alcoólica;
- Apague o cigarro
Fonte: Saúde é Vital

Edição Impressa

Edições Anteriores

Mais Notícias

Conectado

COLUNISTAS

|  Todos os direitos reservados Desenvolvido por OdNet Marketing & Web