Diarreia

A diarreia consiste no aumento do número de evacuações e/ou a presença de fezes amolecidas, com consistência pastosa e/ou até mesmo líquidas nas  evacuações.
Uma das piores complicações da diarreia é a desidratação que ocorre  com mais facilidade em   bebês, crianças e idosos. Boca seca, lábios rachados,  letargia, confusão mental e diminuição da urina são sintomas de desidratação que, além de diminuir as reservas de água do corpo humano, reduzem os níveis de dois importantes minerais: sódio e potássio.
Entre as principais causas temos: toxinas bacterianas como a do estafilococus; infecções por bactérias como a Salmonella e a Shighella; infecções virais; disfunção da motilidade do tubo digestivo; parasitas intestinais causadores de amebíase e giardíase; efeitos colaterais de algumas drogas, por exemplo, antibióticos, altas doses de vitamina C e alguns medicamentos para o coração e câncer; abuso de laxantes;  intolerância a derivados do leite pela incapacidade de digerir lactose; intolerância ao sorbitol.
Em caso de diarreia:
- Beba muito líquido, de 2 a 3 litros por dia. Como a água não repõe a perda de sódio e potássio, procure suprir essa necessidade com soro caseiro ou outros líquidos que contenham tais substâncias.  Caso tenha pressão alta, diabetes, glaucoma, doenças cardíacas ou histórico de derrames consulte o médico antes de ingerir bebidas que contenha sódio porque correm o risco de elevar a pressão;
- o Não deixe de comer. Prefira ingerir arroz, caldos de carne magra, bananas, maçãs e torradas. Esses alimentos dão mais consistência às fezes e a banana, especialmente, é rica em potássio;
- Suspenda a ingestão de alimentos com resíduos: saladas, bagaço de frutas e fibras e evite café, leite, sucos de frutas e álcool que é um desidratante poderoso;
- Evite alimentos muito temperados ou com alto teor de gordura (frituras, alguns cortes de carne, embutidos, etc.) até que as fezes voltem ao normal;
- Chás de camomila, erva-doce e hortelã, por exemplo, podem ajudar;
- Não faça uso de adoçantes à base de sorbitol;
- Busque sempre realizar higienização pessoal, dos alimentos e ferver a água se não tratada antes de ingeri-la..
Atenção! A Diarreia pode ser sintoma inicial de várias doenças sérias.  Se os sintomas não passarem em um ou dois dias não se descuide e procure assistência médica imediatamente. Crianças e idosos desidratam muito depressa.
Fonte: drauziovarella.com.br

Edição Impressa

Edições Anteriores

Mais Notícias

Conectado

COLUNISTAS

|  Todos os direitos reservados Desenvolvido por OdNet Marketing & Web