DTM

A DTM ou Disfunção Temporomandibular é um problema que afeta não somente a boca mas toda a face. Provoca dores de cabeça, zumbido, tonturas e sensação de rosto cansado. Geralmente afeta mulheres (9 mulheres para cada caso que aparece em 1 homem), principalmente na faixa etária de 20 a 50 anos. Muitas vezes este problema é confundido com dor de ouvido, de cabeça ou de dente.
Entre os fatores desencadeantes da DTM esta a tensão.O excesso de contração dos músculos da face e disfunções na articulação temporomandibular provocam a dor. O primeiro sinal desta disfunção é dor de cabeça que irradia pela face e pelo pescoço, seguida de estalos na articulação próxima ao ouvido que podem seguir para dificuldade de abrir e fechar a boca.
A seguir algumas atitudes que auxiliam as crises:
- Durante o período de crise faça refeições com alimentos mais moles;
- Como a  dor costuma ser forte pela manhã, ainda mais quando as pessoas rangem os dentes, evite pão e biscoitos muito duros neste período;
- Faça compressas quentes no local, 3 a 4 vezes ao dia;
- Utilize técnicas relaxantes como massagem, acupuntura, ioga para afastar o stresss;
- Evite mascar chiclete;
- Não roa unhas, tampa de caneta ou qualquer outro objeto, deixe a musculatura facial descansar;
- Evite bocejos ou movimentos que abram muito a boca. As chances da dor aumentar é muito maior aos grandes movimentos;
- Procure um dentista para que ele oriente sobre o tratamento correto a ser seguido.
Geralmente o tratamento de DTM, segue por uma equipe multidisciplinar, composta por médico, dentista, fisioterapeuta e psicólogo.
- Placas oclusais: receitadas pelo dentista, tratam-se de peças feitas geralmente de resina acrílica e colocadas sobre os dentes, evitando o contato forte entre eles e "desprogramando" a musculatura envolvida. Em mais de 70% dos casos os pacientes sentem alívio da dor .
- Fisioterapia: reeduca através de várias técnicas  a musculatura da face para que a mesma trabalhe de forma mais eficiente;
- Terapia Cognitivo-comportamental: auxilia na identificação da causa da tensão para então trata-la de forma correta.
- Medicamentos: geralmente são utilizados relaxantes musculares e analgésicos.
- Cirurgia: geralmente por artroscopia. Este tipo de abordagem acontece somente quando todos os outros tratamentos forem realizados e  não tiverem sucesso.

Fonte: womenshealth.com.br

Edição Impressa

Edições Anteriores

Mais Notícias

Conectado

COLUNISTAS

|  Todos os direitos reservados Desenvolvido por OdNet Marketing & Web